Demi Lovato é nova capa da revista Glamour
Demi Lovato é nova capa da revista Glamour

Neste mês de março, Demi foi a mais nova capa da revista Glamour. A cantora postou algumas das fotos do photoshoot em suas redes sociais.

Com sua nova era chegando, Demi contou alguns detalhes sobre sua vida, como o término de seu noivado, sua sobriedade e mais.

Na entrevista, Demi fala pela primeira vez sobre alguns efeitos colaterais de sua overdose em 2018. Ela diz que não consegue ver o nariz ou a boca do entrevistador enquanto olha em seus olhos devido aos pontos cegos em sua visão, e que uma vez foi encher uma xícara de chá e errou o recipiente.

Demi também diz ter um zumbido, que pode ser associado à perda de audição. Mas diz que sua música não foi afetada. ela acha que melhorou neste aspecto.

Sobre seus transtornos alimentares, ela reflete:

“Eu tentei diferentes identidades que pareciam autênticas para mim, mas não eram eu. A estrela pop superfeminina era uma identidade que parecia se encaixar perfeitamente, então eu apenas segui este papel.”

“Eu estava animada por estar me sentindo confortável com meu corpo para mostrar mais pele, mas eu […] não era saudável. Era de um ponto de ‘trabalhei muito duro para passar fome e seguir esta dieta então eu vou mostrar meu corpo nesta sessão de fotos porque eu mereço.'”

Ela conta também sobre uma noite em que sua ansiedade fez ela dirigir sozinha até o restaurante Taco Bell, e quando os fotógrafos a pegaram, ela pensou: ‘Minha equipe sabe que estou no Taco Bell, Então o mundo inteiro vai me ver no Taco Bell.’ Ela diz que foi inundada com ‘vergonha de fast-food’.

Demi diz que se sentiu culpada ao ignorar seus instintos relacionados ao seu noivado e conta novas experiências:

“Eu neguei minha intuição e todas as bandeiras vermelhas, eu não tinha ninguém para culpar, só a mim mesma. Eu estava com o pensamento ‘V*dia você deveria ter confiado em você mesma, se você tivesse feito isso você não teria terminado nessa posição.'”

“Quando eu fiquei mais velha, eu comecei a perceber o quão queer eu realmente sou. No ano passado eu estava noiva de um homem, e quando não funcionou, eu pensei, ‘Esse é um sinal gigante. Eu senti esse alívio que eu poderia viver a minha verdade.'”

“Eu beijei uma garota e pensei que gostava bem mais daquilo (…) Alguns homens em que eu estava saindo, quando estava em um momento íntimo ou sexual eu pensava ‘Não quero colocar minha boca aí.'”

“Eu me encontrei apreciando a amizade dessas pessoas mais do que em ter um romance, e eu não queria um romance com uma pessoa do sexo oposto.”

Sua sobriedade

No próprio trailer de seu novo docu-série, é levantada uma questão sobre se a Demi continua sóbria, e na conversa com a revista, Demi revela seu novo jeito de lidar com isso.

“O conceito de equilibrio tem mudado a forma em que ela pensa sobre substâncias. Lovato diz que acabou com o que ocasionou sua overdose, mas falar para si mesma que nunca mais poder experimentar uma bebida ou fumar um pouco de maconha a levará a cair.”

“Ela admite que ter uma visão tão dogmatica – o mundo do tudo ou nada – sobre sua sobriedade a deixou confusa. Ela estava fazendo progresso com seu transtorno alimentar dando a ela permissão para comer sem vergonha e sentiu que era capaz de fazer o mesmo com as substancias.

Lovato chamou o seu auxiliar de recuperação, Charles Cook, para um conselho. “Eu chamei ele e eu estava tipo “Alguma coisa não está certa. Eu estou vivendo um lado da minha vida completamente legalizado e no outro lado seguindo um programa que está me dizendo que se eu escorregar eu vou morrer. Então ela disse: “Eu quero tentar esse equilibrio com o lado das substâncias também.””

A equipe dela estava preocupada, ela diz, mas eles estavam com um pensamento “Ela merece a oportunidade de fazer escolhas por ela mesma. “Então eu fiz.”

A ultima frase é proeminente: Lovato deixa claro tanto na entrevista como em seu documentário que isso é um plano para ela e não outras pessoas. Ela não quer que pessoas em recuperação a ouçam e achem que podem beber com moderação ou fumar sem realmente saber se isso funciona para elas. “Um outro lado para a solução não funciona para todo mundo.” Ela diz.

A revista também preparou um vídeo de Demi reagindo aos seus fãs fazendo covers de “Anyone” e “I Love Me”. Confira abaixo: